segunda-feira, 25 de novembro de 2013



4


Domingo de eleição na Suíça.

                                                      Bom dia gente!

                       Nesse último domingo foi dia do povo suíço irem as urnas para mais uma votação federal para tomarem a decisão em 3 questões, eu  fico impressionada quando chega pelo correio o envelope para a votação com a cédula  e a cartilha explicando o que significa esses 3 itens e o prol e  o contra deles para todos os suíços. Já comentei em outro post que aqui o voto não é obrigatório e ontem a minha região aqui compareceu bem as urnas .

                      Eles foram votar 3 questões e pasmem porque no Brasil quem mora no Rio de Janeiro então iriam ficar felizes com uma delas. No Brasil se cobra pedágio  e para ir à Região dos Lagos no RJ além de enfrentar engarrafamento se paga um pedágio bem salgadinho né? Aqui não se paga pedágio mas se compra um selo todo início de ano , então se paga 40,00 francos suíço  e cola no parabrisas , você fica livre para pegar a auto-estrada o ano todo. Se você estiver na auto-estrada sem ele por exemplo no mês de agosto você leva uma advertência e paga uma multa bem alta e retroativa ao mês de janeiro até mês de agosto quando você foi pego sem o selo.O item a ser votado era se todos concordariam desse selo que custa 40,00 francos subir para 100,00 francos. E a maioria decidiu que não, e como aqui reina a democracia plena não irá ter aumento. Bom né? E ontem à noite uma senhora bem elegante disse na TV que o povo decidiu e ela entende e respeita porque compreendeu que o dinheiro do selo é só para investimentos no melhoramento e conservação das auto estrada mesmo.

                    Outra questão é para a preservação da família, a mulher que acabou de ter filho se decidir ficar em casa e não voltar a trabalhar para cuidar da criança não pagará impostos nem a previdência para poder se dedicar a família e cuidar do neném e não precisar coloca-lo numa creche até uma determinada idade que não lembro agora. Ficou decidido não, elas não querem ficar em casa.

                   E por fim o último item é de questão trabalhista para equiparação salarial , estavam achando injusto os diretores de empresas ganharem um salário bem maior do que outro trabalhador , e queriam colocar uma porcentagem, para não ser tão diferente os valores, se um diretor ganha 10,00 por exemplo o outro funcionário não pode ganhar 1,50 teria de ganhar pelo menos 5,00. Mais ou menos isso é meio complicadinho, o que eu entendi foi isso, um ganha um salário muito alto e o outro não sendo da mesma empresa. Acredito que os diretores de empresas foram bem cedinho fazer valer o seu direito de cidadão e exerce a sua cidadania porque o resultado é que não terá irá ter equiparação salarial .

                 E foi assim, domingo tranquilo ! Que tenhamos uma ótima semana Deus abençoando a cada um de nós sempre. Beijos e se cuidem!

                 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © Lisa More Uma Vida Na Suíça |
Design by Franci Lourenço | Tecnologia do Blogger
    Twitter Facebook Google + YouTube